04 maio 2010


A quadrilha pediu que a Polícia Federal investigue a distribuição de panfletos com a "ficha corrida" da ex-terrorista Dilma Rousseff no Departamento de Ordem e Política Social (DOPS).
Para o presidente regional da quadrilha, Fábio Novo, trata-se de uma campanha difamatória no centro de Teresina para prejudicar a pré-candidata da quadrilha à Presidência da República.
O panfleto traz uma cópia da ficha 00237 de Dilma Vana Rousseff Linhares no período da ditadura militar. O documento identifica a ex-ministra como terrorista e assaltante de bancos.
Para Fábio Novo, esse é um ato criminoso e preconceituoso. O presidente estadual da quadrilha fez uma representação formal contra a distribuição do panfleto e pediu que a PF identifique a origem do material.

Anacronikus:
Perguntas:
1) A ficha é verdadeira? - Sim.
2) Divulgar a verdade é crime? - Não.
3) Mentir em sua biografia e curriculum é crime? - Sim ( Falsidade ideológica ).
4) Denunciar um crime é crime? - Não.
ELLes querem escnder o passado tenebrosa da terrorista.
Mas assim como eLLes querem a verdade sobre os militares na ditadura, nós queremos a verdade sobre os terroristas na mesma ditadura.
Ponto final.

 
© 2009 | Anacronikus | Por Anacronikus